Saltar para o conteúdo

da primavera tardia

20/03/2014

Enquanto por aqui todos celebram a chegada do outono, o fim do calor abrasador, eu insisto em celebrar a chegada da primavera. A do meu hemisfério de origem, a que traz Abril e as papoilas vermelhas. E como sempre disse, esta estação do ano começa realmente quando vejo as primeiras papoilas nos campos. Recordações de infância. Recordações da música da Maria Papoila. Recordações da minha avó que assim que via a primeira pintinha vermelha no campo a trazia para mim. E embora elas murchassem em poucas horas (para grande desgosto meu), era um momento de felicidade quando recebia pela primeira vez no ano aquele ser tão delicado. Na época queria que elas durassem mais e não entendia o porquê do apego à terra. Hoje sinto na pele o que é ser uma papoila…

Esta foto já tem um tempo, enviada por alguém que sabendo o significado que as papoilas têm para mim não deixa de pensar em mim sempre que as vê.

fotografia by Mafalda Cardoso

by Mafalda Cardoso

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: