Skip to content

das parecenças

17/04/2013

Tu e eu temos de permeio
a rebeldia que desassossega,
a matéria compulsiva dos sentidos.
Que ninguém nos dome,
que ninguém tente
reduzir-nos ao silêncio branco da cinza,
pois nós temos fôlegos largos
de vento e de névoa
para de novo nos erguermos
e, sobre o desconsolo dos escombros,
formarmos o salto
que leva à glória ou à morte,
conforme a harmonia dos astros
e a regra elementar do destino.

Ode ao gato, José Jorge Letria
Anúncios
9 comentários leave one →
  1. 18/04/2013 11:17

    “que ninguem nos dome” ! Gosto tanto…

  2. 18/04/2013 11:26

    🙂

  3. Franksy permalink
    20/04/2013 11:48

    Gostei! 🙂

  4. 22/04/2013 12:14

    Eu sempre disse que a minha paixão por gatos tinha a ver com as nossas parecenças 😉

  5. franksy permalink
    22/04/2013 14:35

    Eu acho que seria um cão…
    Não sei se isso é muito fixe, ou se me agrada, mas acho que seria um cão…

  6. franksy permalink
    22/04/2013 14:36

    [aquele boneco do ‘anónimo’ é muito feio… sempre fica melhor esta foto de uma conta antiga que nunca deu em nada!]

  7. 22/04/2013 14:37

    ahahhaha 🙂 não tem mal!! cada um é como é!! e sempre cães serem amigos de gatos!!! 😀

  8. 22/04/2013 14:38

    [é verdade, o tipo é meio estranho… além disso gosto muito desta foto 🙂 ias fazer um brógue no wordpress?]

  9. franksy permalink
    01/05/2013 21:22

    [parece que sim! Parece que a 28 de fevereiro de 2008 eu também quis ter um cinquentaetres no wordpress! Mas abandonei o projecto… :p ]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: