Skip to content

das palavras ao vento #3: tem dias…

06/12/2011

7h e 30min da manhã. A claridade abre alas pelas frestas da janela. O rádio ecoa pelo quarto meio vazio as músicas de tempos idos. O nariz cheira o frio e rapidamente se abriga nos lençois polares tão quentinhos aquela hora. É tempo de levantar e encarar mais um dia, mais um início de semana. O corpo tenta acompanhar o cérebro que já vai a mil mas tá difícil… E aí, nesse impasse, ouve-se…

“(…) I want to stand with you on a mountain./I want to bathe with you in the sea./I want to lay like this forever./Until the sky falls down on me (…)”

… e foi o suficiente para ser a música do dia. Não sai da cabeça por mais que queira. E leva-me de volta a um tempo que julgava perdido algures nas profundezas de mim.  Mas qual D. Sebastião, bastou uma manhã de nevoeiro para regressar e me encher o corpo, a alma, o cérebro de um torpor de tempos de uma felicidade profunda, ingénua e simples.

Saudosista por natureza aprendi com os anos como arrumar muito bem o meu passado de modo a não azucrinar permanentemente o presente. Mas há sons e cheiros que inevitavelmente nos transportam para outros locais, com outras pessoas, outras sensações. E assim foi ontem! E foi delicoso! Recordei, revivi, arrumei outra vez! E agora siga! Fazer novas recordações 🙂

Anúncios
No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: